terça-feira, 23 de setembro de 2008

Reinflama o Carisma

"Igreja, minha Igreja, Igreja Católica, mesmo envelhecida, mesmo com este tronco carcomido pelos longos séculos! A demonstração de tua firmeza está na força dos teus galhos. Naquilo que já fizeste e continuas fazendo. O sinal da tua vitalidade está ainda nos brotos novos, nos frutos e nas sementes que surgem em ti a cada novo dia. Minha Igreja, Igreja Católica, Igreja da qual Eu disse:

'Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificará a minha Igreja; as portas do inferno não prevalecerão contra ela’ (Mt 16,18).

Eu não te esqueceria nunca, porque eis que estás gravada na palma das minhas mãos; tenho sempre diante dos meus olhos as tuas muralhas, Igreja”.

Não se trata de uma palavra qualquer. O Senhor está jurando por sua vida. A Igreja vai renascer, vai ressuscitar. O número de seus fiéis vai aumentar cada vez mais. A Igreja vai crescer em progressão geométrica.

“Teus ouvidos ouvirão ainda de teus filhos, que julgavas perdidos: ‘O espaço é estreito demais para mim; dê-me espaço para que eu me instale’” (Is 49,20).

Jovens que julgavas perdidos, casais, homens de negócios, empresários, políticos, comunicadores, artistas... Todos eles voltarão para o teu seio, minha Igreja! Esse povo que se perde correndo atrás das seitas, do espiritismo, buscando tantas doutrinas e filosofias orientais, tantas coisas extravagantes; desse povo que julgavas perdido, ouvirás:

“O espaço é estreito demais para mim; dê-me espaço para que eu me instale! Então dirás a ti mesma: ‘Quem me gerou estes filhos?’ Não tinha filhos, era estéril; ‘Quem os criou?’ Eis que eu estava desamparada e só: ‘De onde vieram eles?’” (Is 49, 20b-21).

O Senhor responde:

“Farei teus opressores comerem sua própria carne, embriagar-se-ão com seu próprio sangue, como se fosse vinho. E toda criatura saberá que sou eu o Senhor, teu Salvador, teu Redentor, o Poderoso de Jacó” (Is 49,26).

“Aos cegos farei seguir um caminho desconhecido, por atalhos desconhecidos eu os encaminharei; mudarei diante deles a escuridão em luz, e as veredas pedregosas em estradas planas. Todas essas maravilhas, eu as realizarei, não deixarei de executá-las. Retrocederão, cheios de vergonha, aqueles que se fiam nos ídolos, e que dizem ás estatuas fundidas: ‘Sois nosso deus’” (Is 42, 16-17).

Todos os ídolos deste mundo: o espiritismo, as seitas que estão surgindo, as filosofias orientais, as formações humanas, a teologia sem Deus, tudo isso irá ruir! O Senhor vai fazer com que todos vejam, saibam e reconheçam que Ele é o Senhor!


Monsenhor Jonas Abib
- Reinflama o Carisma

2 comentários:

Mari disse...

Oi Mari!
Passei para deixar um abraço e dizer que estou com saudades.
Volto no blog no dia 20, farei uma prova dia 19!
Que Deus nos abençoe Mari!
Beijinhos, depois volto para ler com mais calma o texto do Padre. mari!

Vitor disse...

Que mensagem linda!
Sim, a nossa Igreja foi fundada em rocha resistente! Permanece em pé há dois milênios! Nossa Igreja superou todos os obstáculos que surgiram ao longo de todos estes anos! Nossa Igreja é a única sob o comando de Pedro!
Nossa Igreja é unica!

Deus lhes abençoe!

Vitor.

http://www.apelosdoceu.com