sexta-feira, 30 de maio de 2008

Pedi e vos será dado

Pedi e vos será dado - Mt 7, 7-12

"Pedi e vos será dado! Procurai e achareis! Batei e a porta vos será aberta! Pois todo aquele que pede recebe; quem procura encontra; e a quem bate a porta será aberta. Quem de vós dá ao filho uma pedra, quando ele pede um pão? Ou lhe dá uma cobra, quando ele pede um peixe? Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai que está nos céus dará coisas boas aos que lhe pedirem! Tudo quanto quereis que os outros vos façam, fazei também a eles. Nisto consiste a Lei e os Profetas".

Esperamos que Deus ouça nossas orações? Nosso Pai celestial nos dá graciosamente muito além de nossas expectativas. Jesus ensina seus discípulos a rezar com confiança pois o Pai, em sua bondade, sempre atende nossos pedidos. É uma exortação de Jesus para que seus discípulos perseverem na oração, prolongando a parábola do amigo inoportuno. É um apelo para se lançar nas mãos de Deus, de modo que a prece constitua assim um ato de confiança. Não se pode esquecer que a própria confiança leva à prece. A oração é então uma oração de súplica, uma oração filial. O notável deste texto é a insistência daquele que pede e o fato de que Deus atende nossa súplica: cabe-nos pedir, procurar e bater à porta. Essencial é pedir com fé, sem hesitação, o que ao longo de Evangelho constitui justamente a base para que Jesus realize os milagres e transforme os corações dos pecadores. A iniciativa é sempre de Deus, pois sabemos muito bem que foi o próprio Deus que enviou o seu Filho para nos procurar e nos encontrar. Somos agora convidados a dar nossa resposta à graça de Deus e ao seu amor para conosco.
Se formos a Ele, escreve s. Agostinho: “Assim se obterá, assim se achará, assim se nos abrirá” e, depois, “aguardamos descansar em tua grande santificação”. “Que cada um se examine e dê graças ao doador por todo o bem que encontra em si referente a nossa justificação; e, ao mesmo tempo, que tu lhe rendes graças, pede-lhe o que ainda não te foi outorgado, pois se tu te enriqueces recebendo, Ele não se empobrece dando”.

5 comentários:

Paulo disse...

E tantas vezes que venho-Lhe pedindo...mas não me tem ouvido.

Mariana disse...

Ele te ouve com certeza amigo... Mas as vezes não responde do modo como gostaríamos, por isso deves confiar na escolha de Deus, Ele sabe do que precisas agora...
Tenha fé!

Paulo disse...

Agora Amiga Mariana, tanto que preciso que Ele me auxilie neste momento de sufoco:(

Maria João disse...

Pedi e sabei esperar... que seja feita a Sua Vontade...

Devia ser sempre a nossa disposição na oração...

Vem ajudar o Darfur!

beijos em Cristo e Maria

vanessa disse...

Cristo nunca deixa de atender aos seus! Sempre irá ouvir a tudo aquele que o busca em oração, porém, só dará algo que Lhe for conveniente e que achar que é o melhor pra você! Não tenha pressa nem sejas ansioso, pois no momento certo receberás e entenderás o porque da demora. Talvez não sejo o que pediu pois Ela sabe todas as coisas e quando elas devem ser dadas. Ele nos AMA tanto que nos dá o melhor e as vezes o que queremos não é o melhor para Ele.